A lição do Samuel

Já lá vão mais de 40 anos. No então Liceu Norton de Matos, em Nova Lisboa (Huambo), o professor José Fernandes Duarte (que os alunos conheciam mais por “pele vermelha” ou “pelinha”) dava uma daquelas aulas de português que algumas vezes (não eram tantas como isso, desculpem lá!) eram chatas como o Diabo. Por Orlando Castro A talhe de foice, desse tempo também recordo com gosto e eterna saudade, as professoras Dorinda e Dárida Agualusa. – Samuel, não te importas de ler em voz alta a tua dissertação?, disse o…

Read More