ZIMBABUÉ. Um dos dois vice-presidentes do Zimbabué, Kembo Mohadi, foi ferido na explosão que abalou hoje um comício eleitoral no qual participava o presidente Emmerson Mnangagwa em Bulawayo (sul), informou a televisão nacional.

Dois responsáveis do partido no poder, União Nacional Africana do Zimbabwe – Frente Patriótica (ZANU-PF), também ficaram feridos na explosão, assim como três funcionários da televisão nacional (ZBC), adiantou.

Um jornal local disse que a explosão ocorreu num estádio onde o presidente tinha acabado de discursar. Mnangagwa foi retirado do local sem ferimentos.

A televisão estatal falou de “tentativa de assassinato” do presidente, que assumiu o poder em Novembro, depois de o chefe de Estado e seu ex-aliado, Robert Mugabe, ter renunciado sob pressão militar.

Bulawayo, a segunda maior cidade do Zimbabué, é tradicionalmente um baluarte da oposição.

Partilhe este Artigo