Um ataque terrorista de extremistas islâmicos, em Paris, contra o semanário satírico Charlie Hebdo, fez hoje 12 mortos, entre os quais vários jornalistas. Mataram alguns mensageiros. A liberdade, essa continua viva.

A Redacção do Folha 8

Partilhe este Artigo