O embaixador de Portugal em Angola, João da Câmara, considerou, em Ndalatando, Kuanza Norte, excelente a cooperação entre os dois países, no âmbito das relações bilaterais. O diplomata português falava à imprensa no final do encontro que manteve com a comunidade portuguesa residente no Kuanza Norte, no âmbito da visita que efectua à província.

João da Câmara afirmou que tal facto é evidenciado pelo intercâmbio que os dois países mantêm nos vários domínios, nomeadamente na vertente empresarial, política, económica e cultural.

De acordo com o diplomata, as boas relações entre os dois países e o desenvolvimento de Angola motiva os investidores a olharem para o mercado angolano de uma forma diferente, pois é atractivo para quem quer expandir a sua área de actuação.

João da Câmara manifestou ainda o interesse em ajudar no desenvolvimento da província do Kuanza Norte, cooperando nos sectores  propostos pelas autoridades locais.

Disse que, para já, a embaixada vai priorizar, no capítulo empresarial, com a província, razão pela qual, nesta sua deslocação se faz acompanhar por representantes de 27 empresas portuguesas, com o objectivo de fomentar esta mesma cooperação.

“Trouxe estas empresas para criar nelas o interesse pelas potencialidades que a província oferece, fazerem aqui parcerias e encontrar oportunidades de negócios”, sublinhou.

Partilhe este Artigo