Faleceu hoje em Luanda, vítima de doença, aos 73 anos, o secretário para as Relações Exteriores do MPLA e presidente do Conselho de Administração da Fundação Sagrada Esperança, Afonso Van-Dúnem “Mbinda”.

Afonso Van-Dúnem foi, segundo um comunicado MPLA, “um nacionalista e fortes e grandes convicções, tinha 73 anos de idade e dedicou toda a sua vida à causa do povo angolano, tendo ingressado nas fileiras do MPLA em 1961, aos 20 anos de idade”.

O MPLA precisa que durante a luta de libertação nacional, participou na Conferência Nacional do Movimento, em Léopoldville (actual Kinshasa, República Democrática do Congo), em 1962, e foi representante do MPLA em Lusaka, República da Zâmbia, e secretário particular do Presidente António Agostinho Neto.

Posteriormente, já na Angola independente, acrescenta o comunicado do MPLA, Afonso Van-Dúnem “Mbinda” ocupou, sucessivamente, os cargos de director do gabinete do Presidente Agostinho Neto, de comissário provincial de Luanda, de ministro das Relações Exteriores, embaixador na ONU e, após as Eleições Gerais de 2012, de deputado da Assembleia Nacional, funções que suspendeu recentemente, por incompatibilidade.

“Nesta hora de profunda dor, o Bureau Político do Comité Central do MPLA curva-se perante a memória do camarada Afonso Van-Dúnem “Mbinda” e apresenta à família enlutada, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do partido, os seus mais sentidos pêsames”, conclui o comunicado.

Afonso Van-Dúnem “Mbinda” nasceu em Luanda, em 7 de Setembro de 1941. Começou a carreira política em 1970 e serviu, até 1972, como representante do MPLA na Zâmbia e como Coordenador de Relações Exteriores do MPLA na República Unida da Tanzânia.

Em 1976, foi secretário do MPLA, membro do Comité Central e Governador da Província de Luanda.

Em 1977 foi eleito membro do Comité Central no Primeiro Congresso do MPLA. No ano seguinte, foi nomeado secretário de Informação do MPLA. Foi igualmente Representante Permanente de Angola junto das Nações Unidas. Em 1979, foi Secretário do Comité Central do MPLA para as Relações Externas.

Afonso Van-Dúnem “Mbinda” foi eleito deputado da Assembleia do Povo, em 1980 e membro do Bureau Político do Comité Central do MPLA, em 1985.

De 1985 a 1989 foi o segundo, depois de José Eduardo dos Santos, ministro das Relações Exteriores de Angola. Em 03 de Setembro de 2010, foi eleito Secretário do Bureau Político do MPLA para as Relações Exteriores.

Afonso Domingos Pedro Van-Dúnem “Mbinda”, casado e pai de cinco filhos, era, até a data da sua morte, presidente da Fundação Sagrada Esperança.

Partilhe este Artigo