O primeiro álbum do radialista e cantor Firmino Tula, já se encontra à venda, desde hoje (sábado), na Rotunda do Motorista, zona alta da cidade do Lobito, província de Benguela, ao preço de mil kwanzas.

Este primeiro registo discográfico de Firmino Tula, intitulado “O Mwenho Wange Wa Pongoloka”, uma expressão em umbundo, que significa em português “A minha vida transformou-se”, foi produzido no país e masterizado na Espanha, estando a merecer a aceitação do público apreciador dos estilos semba, quilapanga, zulu, sungura e tchissossi.

O disco, uma gravação bilingue (português e umbundo), inclui 13 canções como “Você é minha mãe”, “Meu lar estragou”, “Lobito cidade”, “Porto do Lobito”, “Omuenyo waco” (Tal vida), “Kavakuete osohi” (Não têm vergonha), “Ngenda lelie” (Com quem vou), “Ulume endundulo” (Homem submisso à mulher) e “Taliño okuala” (Vejam só o vestir).

Em declarações à Angop, o cantor mostrou-se satisfeito com a adesão do público lobitanga e espera que as canções contidas no CD como “Ulume endundulu” e “Omuenyo waco” venham a corresponder às expectativas.

Firmino Tula lembrou que todas as músicas já foram compostas há algum tempo, mas somente agora teve a oportunidade de gravar, devido, por um lado, às dificuldades do dia-a-dia e, por outro, ao árduo trabalho profissional na rádio.

Para já, Firmino Tula escusa-se a adiantar o número de exemplares colocados à disposição do público, mas assegura haver uma quantidade suficiente para atender aos fãs.

De acordo com ele, as letras denunciam problemas sociais e morais que a sociedade atravessa, como relações amorosas entre pessoas da mesma família, o drama de mulheres que não concebem após supostamente terem sido enfeitiçadas, infidelidade, criminalidade, entre outros, visando chamar a atenção para o resgate dos valores e costumes da cultura angolana.

Depois do Lobito, o cantor pretende vender, nos próximos dias, a obra discográfica nos municípios do Balombo, Bocoio e Catumbela, seguindo mais tarde para as províncias do Bié e Huambo.

Apresentador do programa “Situação Difícil e Caricata – Dingõ”, de segunda a sexta-feira das 5 às 8 horas, na Rádio Lobito, Firmino Tula, cantor e compositor, é natural do município da Caála, província do Huambo. Começou sua carreira musical quando criança, no grupo coral da Igreja Convenção Baptista.

Em 2010, resolveu lançar a sua carreira solo e participou de vários shows promovidos pela Casa Rosa, no Lobito, onde perante centenas de pessoas dividiu palco com outros grandes artistas angolanos.

Partilhe este Artigo