O MPLA proíbe manifestações de protesto por causa da pandemia do Covid-Angola. O principal objectivo é proteger os vírus parasitários da pandemia que se instalou no poder há 45 anos.