Generais ou não, escrever em português é um saralho do carilho.