Os decretos têm a força (legal) de entre um competente que seja independente, ou até de outro partido, e um incompetente que seja do MPLA, o Governo escolher aquele que é… incompetente.