O Departamento de Informação & Propaganda Demagógica do Bureau Político do Comité Central do MPLA, “subdelegação destacada na Presidência da Reipública – Casa Civil do Presidente da Reipública” não se cansa de demonstrar uma elevada capacidade para a burrice demasiado matumba, tristemente tacanha, “nojentamente” patética.

Por Domingos Kambunji

Será que o Departamento de Relações Públicas da Casa Civil da Presidência da Reipública, antes de escrever o comunicado sobre a viagem do Zedu a Barcelona, foi receber carinho e solidariedade da Luísa Damião, como mãe e mulher, para publicar disparates?

Ou será que o Departamento de Relações Públicas da Casa Civil da Presidência da Reipública está a tentar minimizar o complexo de culpa por o Zedu não aceitar ser cúmplice nas viagens do JLo, em que o Estado angolano paga 70 mil dólares à hora pelo aluguer de aviões de luxo para o Rei-Presidente ir efectuar passeatas pelo estrangeiro, em visitas privadas e/ou oficiais? Ficaria mais barato ao Estado que o JLo, para ir passear na Europa, contratasse os serviços dos kupapatas nacionais!

Um Departamento de Relações Públicas de uma Casa Civil de uma qualquer Presidência da República, sério e inteligente, nunca viria a público informar que o presidente foi pedir, por favor, a um ex-presidente para viajar para o estrangeiro num caríssimo avião de luxo.

Não consta que os principais dirigentes dos países mais desenvolvidos aluguem aviões de luxo para se deslocarem a Angola com o objectivo de receberem tratamento médico. O Reigime Cleptocrático angolano privilegiou o gamanço em detrimento da instalação de um serviço nacional de saúde de acordo com os padrões científicos mais avançados e competentes.

O executivo lamenta a atitude do Zedu em optar por viajar numa aeronave comercial estrangeira (TAP), em detrimento da própria companhia de bandeira TAAG, na sua deslocação à Europa? O JLo quando se deslocou à Europa para as passeatas e alugou aviões de luxo da China, a 70 mil dólares à hora, esqueceu-se de que a TAAG também é uma companhia com aeronaves de bandeira nacional? É imperdoável essa falta de memória do JLo e do Departamento de Informação & Propaganda Demagógica do Bureau Político do Comité Central do MPLA, “subdelegação destacada na Presidência da Reipública – Casa Civil do Presidente da Reipública”!

É lamentável que “desrespeitando em rigor a normativa que define os direitos e regalias dos cidadãos angolanos, o Executivo não tenha assegurado todos os aspectos logísticos e financeiros relacionados com a atenção alimentar e médica” a dar às 164 pessoas que morreram de fome, só no primeiro trimestre de 2019, no Bié, não esquecendo muitíssimas outras que faleceram, pelo mesmo motivo, noutras províncias do nosso país. Não consta que o JLo se tenha deslocado, propositadamente, ao domicílio dessas vítimas do Reigime Cleptocrático do MPLA, para tentar convencê-las a não viajarem para o “outro mundo”, o mundo do “jardim das tabuletas”, o cemitério.

Se a hipocrisia fosse música, o Departamento de Informação & Propaganda Demagógica do Bureau Político do Comité Central do MPLA, “subdelegação destacada na Presidência da Reipública – Casa Civil do Presidente da Reipública” seria uma orquestra sinfónica. Como esses sons não conseguem ir além de um poluente ruído, o Departamento de Informação & Propaganda Demagógica do Bureau Político do Comité Central do MPLA, “subdelegação destacada na Presidência da Reipública – Casa Civil do Presidente da Reipública”, nada mais é do que uma desafinada Orquestra do Rapa o Tacho!

O Povo angolano lamenta profundamente esta atitude do Departamento de Informação & Propaganda Demagógica do Bureau Político do Comité Central do MPLA, “subdelegação destacada na Presidência da Reipública – Casa Civil do Presidente da Reipública”, cujas consequências não são da sua responsabilidade!

O Departamento de “Ralações Púbicas” da Casa Civil da Presidência da Reipública da Angola do MPLA está entregue a “intiliquituais” saprófitas, que raciocinam com a cabeça dos dedos dos pés!

Partilhe este Artigo