A lista de nomes para a formação do dito “Governo de Salvação Nacional”, pedra fundamental na matéria (supostamente) de facto que o regime apresenta para julgar os jovens activistas detidos, está incompleta porque o regime quer ocultar alguns nomes. O Folha 8 revela a lista completa.

Presidente Interino da República:

José Kalupeta, Alexandra Simeão, Fernando Macedo, Teodoro Obiang, Kim Jong-un, Vladimir Putin, João Pinto.

Vice-presidente Interino:

Justino Pinto de Andrade, Mihaela Weba, Luvualu de Carvalho.

Ministério da Defesa:

Abílio Kamalata Numa, Santos Kangamba, Geraldo Sachipengo Nunda.

Ministério da Justiça e Direitos Humanos:

Rafael Marques de Morais, Kundi Paihama, João Maria de Sousa.

Ministério da Saúde:

Luís Bernardino, Carlos Alberto Masseca.

Ministério da Educação:

Carlinhos Zassala, Narciso Damásio dos Santos Benedito.

Ministério da Economia:

Carlos Rosado, Laura de Alcântara Monteiro, Kiala Ngone Gabriel.

Ministério dos Petróleos:

Filomeno Vieira Lopes, Aníbal Octávio Teixeira da Silva, José Gualter dos R. Inocêncio.

Ministério da Comunicação Social:

Reginaldo Silva, Manuel da Conceição, José Ribeiro, Artur Queiroz.

Ministério da Cultura:

Makuta Nkondo, MCK, Cornélio Caley, Sindika Dokolo.

Ministério da Juventude:

João Paulo Ganga, Albino José da Conceição.

Ministério dos Antigos Combatentes:

Ngola Kabango, Clemente Cunjuca.

Ministério da Reinserção Social:

José Patrocínio, Mateus Miguel Ângelo, Maria da Luz Magalhães.

Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural:

Fernando Pacheco, José Amaro Tati, André de Jesus Moda.

Ministério do Empreendedorismo e Combate à Pobreza:

Nelson Pestana Bonavena, Isabel dos Santos.

Ministério do Interior:

Fernando Heitor, Eduardo Filomeno Barber Leiro Octávio, Higino Carneiro.

Ministério da Energia e Águas:

Luís Filipe da Silva, Joaquim Ventura.

Ministério das Finanças:

Tina Abreu, Valentina Filipe, José Filomeno de Sousa dos Santos.

Ministério do Ambiente:

Vladimir Russo, Syanga Kivuila Samuel Abílio, Carlos Seka Kunene.

Ministério da Construção e Obras Públicas:

Aníbal Rocha, Hugo Miguel Évora Gonçalves, António Teixeira Flôr.

Ministério da Geologia e Minas:

Miguel Bondo Júnior, João de Matos.

Ministério dos Desportos:

Albino José da Conceição, Pedro Manuel Mambo Torres.

Ministério da Família:

Katila Pinto, Ana Paula Silva do Sacramento Neto, Zungueira Salomé.

Ministério da Segurança Social:

Zé Dáka o Meu, Gertrudes Malaka.

Ministério das Pescas:

Victória Francisco Lopes Cristóvão de Barros Neto, José Carlos Bagre, Sebastião Sardinha.

Ministério do Planeamento:

Fanuel da Tribo de Ezer, Eduardo Breno Lemos dos Santos.

Ministério da Administração do Território e Urbanismo:

Elias Isaac, Joseana Lemos dos Santos.

Ministério do Turismo:

José Avelino Gourgel dos Santos.

Ministério dos Transportes:

José João Kuvíngua, Evaristo Valdemar Aristides.

Partilhe este Artigo