O quê? O mercenário Artur Queiroz continua a opinar sobre o assassino Agostinho Neto e a defender o Santo 900 milhões, o genro do assassino Neto que a família Neto não quer que seja genro? O autoclismo já não funciona?

Nota: Imagem e opinião de um leitor e que só vinculam o seu autor (devidamente identificado).