“A mensagem do jornal da Angola do MPLA já foi enviada. Vladimir Putin pode continuar a gozar da liberdade de matar jornalistas. O kremlin já mandou esculpir uma “medalha da honra de Putin”, muito dourada, para condecorar o Victor Silva, bajulador do jornal da Angola do MPLA. Está tudo muito bem encaminhado”…

Por Domingos Kambunji

Estas “decisões” foram tomadas depois do jornal da Angola do MPLA (jAMPLA), megafone de propaganda escrita do MPLA, partido que implementou a corrupção, responsável por iniciar a guerra civil em Angola e pelos fuzilamentos do 27 de Maio de 1977, ter anunciado que “o funcionamento dos órgãos judiciais da Re(i)pública da Angola do MPLA (RAMPLA) não deve sofrer intervenção dos meios de comunicação social, nem estes últimos interferirem ao ponto de influenciarem o curso dos acontecimentos” (…)

Esta opinião escatológica do jAMPLA foi publicada 24 horas após ter sido anunciada a prisão de um individuo de extrema-direita (muito apoiada por Putin na Europa e em outros paradeiros) estar a preparar atentados para matar jornalistas dos principais órgãos de comunicação social dos Estados Unidos e políticos da oposição que demonstram que o que Donald Trump designa por Fake News são, no fim de contas, notícias verdadeiras sobre os cambalachos do presidente norte-americano.

Na Rússia, Putin deixaria este terrorista avançar… Na China os jornalistas e os políticos da oposição seriam condenados a pesadas penas de cadeia, para “reeducação”. Na RAMPLA esses jornalistas e elementos da oposição, se não “chocassem acidentalmente contra uma bala”, seriam condenados pelos juízes “Januários Domingos” a pesadas penas de prisão e a frequentarem, compulsivamente, as lições de Educação Patriótica Anedótica do Ministério da Propaganda Demagógica do João Melo.

Já repararam que nos Estados Unidos nunca houve um presidente a considerar a comunicação social “inimiga do povo” até elegerem um Fake Presidente? Já repararam que na hierarquia social da RAMPLA. Deus (da religião ou da poesia) vem sempre depois do Fake Rei-Presidente?

Já perceberam que na RAMPLA o tipo de jornalismo dos órgão oficiais de propaganda demagógica opina o que toda a gente vê, escuta e lê porque existe uma Fake Democracia?

O comité central do MPLA exige uma Fake inteligência para nomear os bajuladores e bajuladores-adjuntos dos Fake órgãos oficiais da comunicação social da RAMPLA. O jornalismo honesto e competente incomoda. Os donos do poder demagogo e corrupto e os principais dirigentes da RAMPLA não gostam de ser incomodados.

Quando a RAMPLA deixar de ser governada por um Re(i)gime Feudal os Victores Silvas, do jAMPLA, da RNAMPLA e da TPAMPLA irão todos para o desemprego. Não haverá reciclagem possível porque possuem mentes demasiado anquilosadas.

Partilhe este artigo