ANGOLA. O Governo do Japão concedeu a Angola um financiamento de 940 mil dólares (762.909 euros) para projectos de desminagem e educação, no âmbito do Programa de Assistência aos Projectos Comunitários (APC) no país.

O embaixador do Japão em Angola, Hironori Sawada, assinou hoje, em Luanda, acordos de cooperação com as diversas Organizações Não-Governamentais (ONG) que vão executar projectos ligados às áreas acima referidas.

Um dos acordos foi assinado com a ONG Mines Advisory Group (MAG), que vai dispor de 650 mil dólares (527.543 euros) para executar um projecto de desminagem na província angolana do Moxico, no leste do país.

A ONG Ajuda Popular da Noruega (APN) vai receber um financiamento de 200 mil dólares (162.321 euros) também para um projecto de desminagem na província angolana do Uíge, no norte do país, enquanto a Associação para o Apoio ao Desenvolvimento Comunitário (AADC) terá 90 mil dólares (73.000 euros) para a construção de quatro salas de aula numa escola primária da Kalossonga, na província de Benguela,

Na sua intervenção, Hironori Sawada disse que o Governo do Japão dá particular importância e prioridade à segurança humana, salientando que Angola é um país com enorme capacidade e potencialidade para crescer e se desenvolver em sectores como a saúde e educação.

Desde 1990, o Japão já apoiou Angola com 4,8 milhões de dólares (3,8 milhões de euros) em 16 projectos de desminagem, 1,4 milhões de dólares (1,1 milhões de euros) em 14 projectos no sector da educação, e um milhão de dólares (811.605 euros) em nove projectos do sector da saúde.

Partilhe este Artigo