ANGOLA. O Presidente João Lourenço, manifestou hoje “grande consternação” pelos “acontecimentos trágicos” ocorridos na província de Benguela, em que chuvas abundantes e ventos anormalmente fortes provocaram, no sábado, pelo menos 16 mortos.

Numa mensagem, divulgada pela Casa Civil do Presidente da República, João Lourenço lamenta também os ferimentos em “dezenas” de cidadãos, a destruição de habitações e os danos em bens patrimoniais.

“Foi com grande consternação que tomei conhecimento dos acontecimentos trágicos ocorridos na província de Benguela, em que chuvas abundantes e ventos anormalmente fortes destruíram habitações, danificaram bens patrimoniais diversos e – mais grave – causaram a morte a pelo menos 16 cidadãos e ferimentos a dezenas de outros”, escreve o chefe de Estado angolano.

“Neste difícil momento para as populações directamente afectadas pelas enxurradas, apresento às famílias enlutadas as mais sentidas condolências”, acrescenta João Lourenço na mensagem.

A mais recente informação divulgada hoje de manhã pela polícia angolana dava conta de que o temporal que assolou, no sábado, o litoral da província de Benguela tinha provocado 13 mortos, entre os quais quatro crianças.

Segundo um porta-voz da polícia, a intensa chuva atingiu, sobretudo, vários bairros da vila de Catumbela, destruindo casas, que soterraram várias pessoas, enquanto outras foram arrastadas pelas fortes enxurradas.

Eis o balanço até agora desta tragédia, segundo o Governo Provincial de Benguela.

Dezasseis mortos, 28 feridos, 1 salvamento, 39 casas desabadas, 93 casas inundadas, 32 casas e 2 escolas desabadas parcial, 13 casas sem tecto, 36 quedas de árvores, 2 viaturas danificadas e 1 poste eléctrico de média tensão, sendo:
Catumbela: 12 Mortos, 26 feridos 2 dos quais por descarga eléctrica, 38 casas desabadas, 93 casas inundadas, 31 casas e 2 escolas desabadas parcialmente e 15 quedas de árvores.
Benguela: 3 mortos, 1 ferido, 15 quedas de árvores, 2 viaturas danificadas, 1 casa desabada, 2 tectos desabados, 1 poste eléctrico caído.
Lobito: 1 morto, 1 ferido, 1 salvamento na lagoa, 1 casa desabada, 6 quedas de árvores e 11 casas sem tecto.

Partilhe este artigo