ANGOLA. A Polícia Nacional de Angola integrou 489 novos agentes na corporação oriundos de um curso que envolveu recrutas do serviço militar obrigatório das Forças Armadas Angolanas (FAA), indica hoje um comunicado oficial.

Em nota, o departamento de comunicação institucional e imprensa da polícia angolana refere que a incorporação dos novos agentes decorreu na quarta-feira, na província de Malanje, no encerramento do 17.º Curso Básico de Polícia de Ordem Pública.

“O contingente, que acaba de ingressar ao aparelho da Polícia Nacional, após cumprir o serviço militar obrigatório, vai reforçar a capacidade operacional no combate à criminalidade”, lê-se no documento, que não adianta qual o total de efectivos da corporação, nem onde irão ficar colocados os novos agentes.

O ato foi presidido pelo comandante-geral da Polícia Nacional de Angola, comissário-geral Paulo de Almeida.

Partilhe este artigo