ANGOLA. A quantidade de diamantes exportados por Angola aumentou 16% entre Janeiro e Fevereiro, para 719.645 quilates, mas com o preço médio por quilate a descer para 131,3 dólares.

De acordo com o último relatório mensal do Ministério da Finanças de Angola sobre a arrecadação de receitas fiscais diamantíferas, as vendas globais atingiram no segundo mês do ano 94.491.406 dólares (78,1 milhões de euros), um aumento de 11% face a Janeiro.

Estas vendas corresponderam, por sua vez, a 1.433 milhões de kwanzas (5,2 milhões de euros) em receitas fiscais arrecadadas pela Estado angolano com a venda de diamantes, um crescimento de 7,5% no espaço de um mês.

Já a cotação média de cada quilate de diamante exportado por Angola desceu cerca de 4%, face aos 136 dólares de Janeiro, mas segue em máximos desde Outubro de 2016.

A comercialização de diamantes em Angola representou vendas brutas de 1.000 milhões de dólares (811 milhões de euros) em 2017, informou em Março o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, que quer melhorar as vendas este ano.

“Para este ano, as projecções têm sempre em conta o preço base, e isto é uma variável exógena que não depende de nós. Queremos ainda assim melhorar o valor do ano passado”, disse Diamantino Pedro Azevedo.

Lusa

Partilhe este Artigo