A empresária angolana Isabel dos Santos recordou hoje a marca de “capacidade de concretização e liderança” de Belmiro de Azevedo, que morreu na quarta-feira, aos 79 anos, na cidade do Porto (Portugal), com quem partilhou negócios.

Numa mensagem divulgada hoje, a filha do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, considerada a mulher mais rica em África e com várias participações em negócios em Portugal, classifica a morte do empresário português como uma “perda enorme”.

“Belmiro de Azevedo deixa no mundo empresarial português, e em todos os que consigo se cruzaram, uma marca indelével, de determinação, trabalho, capacidade de concretização e liderança”, afirma Isabel dos Santos.

Acrescenta, na mensagem que divulgou, que os seus pensamentos e palavras são hoje “para os filhos, mulher e netos”, para quem “a dor é imensa”: “Que o orgulho de terem convosco um legado tão forte vos dê a força que precisam neste momento”.

Os negócios entre os dois empresários cruzaram-se através da parceria da Sonae, com Belmiro de Azevedo, e Isabel dos Santos, que criaram a holding Zopt, detida a 50% por cada uma das partes, através da qual detém a maioria do capital da operadora Nos.

Por sua vez, Isabel dos Santos é dona de 70% da Zap, operadora de televisão por satélite em Angola, cabendo à Nos os restantes 30%.

Em Abril de 2011, a Sonae e Isabel dos Santos formalizaram uma parceria para lançar a rede de hipermercados Continente em Angola, com a constituição da empresa Condis.

Contudo, a parceria foi abandonada quatro anos mais tarde, com Isabel dos Santos a constituir sozinha a empresa angolana Contidis e avançar com a rede própria de hipermercados Candando, que já prepara a abertura da terceira loja em Luanda, tendo recrutado quadros de topo do Grupo Sonae.

O empresário Belmiro de Azevedo morreu na quarta-feira aos 79 anos, depois de décadas ligado à Sonae, onde chegou há mais de 50 anos e que transformou num império com negócios em várias áreas e extensa actividade internacional.

O velório do empresário realiza-se na Paróquia de Cristo Rei, no Porto, informou o Grupo Sonae em comunicado. A missa de corpo presente decorrerá no mesmo local, hoje, às 16:00, seguida de uma cerimónia fúnebre reservada à família.

Partilhe este Artigo