ANGOLA. Um grupo privado espanhol pretende investir 20 milhões de euros para instalar uma fábrica de bebidas em Angola, prevendo gerar mais de 500 empregos, segundo o contrato que estabeleceu com o Governo.

Em causa está o projecto de investimento privado “Sun Ocean”, para engarrafamento e distribuição de bebidas em Angola, através de uma sociedade com o mesmo nome formada pelos espanhóis da Eminbasa Investments (40%) e pela Sun Juice Holdings (60%), esta com sede nas Ilhas Virgens Britânicas.

De acordo com o contrato de investimento com a Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), em representação do Estado, datado de 7 de Julho, está prevista a instalação da fábrica na zona do Bom Jesus, arredores de Luanda, e a criação de 530 postos de trabalho directos até 2022, dos quais 30 para trabalhadores expatriados.

“É intenção das investidoras que a sociedade Grupo Sun Ocean actue na produção, engarrafamento e distribuição de bebidas em Angola, tendo em vista o fornecimento dos mercados doméstico e internacional”, lê-se no contrato de investimento, de 53,2 milhões de dólares (46,4 milhões de euros), cabendo uma parte de 40% (cerca de 20 milhões de euros) aos investidores espanhóis.

Sobre o grupo espanhol, com sede em Barcelona, o contrato refere que os sócios “possuem ampla experiência no sector das bebidas em África”, nomeadamente na Argélia e Guiné Equatorial.

Ao abrigo do contrato com a UTIP, o investimento vai receber benefícios fiscais, como a redução de 75% no pagamento de impostos Industrial, sobre a Aplicação de Capitais e de Sisa, durante 10 anos.

Lusa

Partilhe este Artigo