Avisem o Bornito de Sousa que já não é vice-presidente de Angola.