A operadora angolana UNITEL tem em curso um projecto para consolidar e expandir as redes 3G e 4G a todas as localidades de Angola antes de avançar para a 5G, disse hoje à Agência Lusa fonte da empresa.

Eunice de Carvalho, directora-geral adjunta para os Assuntos Corporativos da UNITEL, falava à margem do Fórum Angotic Angola 2019, que abriu no Centro de Convenções de Talatona, e lembrou que a operadora, líder de mercado em Angola, já opera nos 164 municípios do país, mas não em todas as comunas.

“O 5G é algo que está a ser muito falado, que está nos nossos planos a longo termo. De momento, estamos focados naquilo que é a expansão do 3G e do 4G para termos cobertura a nível nacional. Muitas das coisas que se falam que se pode fazer no contexto do 5G já se podem fazer com o 4G”, salientou.

“A UNITEL está presente nas 18 províncias, nos 164 municípios, mas não estamos ainda em 100% das comunas. Parte do nosso trabalho é na expansão da cobertura [3G e 4G] a todos as comunas”, acrescentou.

Para Eunice de Carvalho, a participação da UNITEL no maior fórum de tecnologia em Angola visa apoiar o desenvolvimento do sector e expor o que são hoje as capacidades da empresa.

Por outro lado, a responsável da UNITEL desdramatizou a entrada no mercado de um quarto operador, cujo concurso está a decorrer, realçando que a competição, para a empresa, “só a obriga a fazer cada vez melhor”.

“Preferimos focar-nos na melhoria da qualidade dos nossos serviços, na fidelização dos nossos clientes e na expansão dos nossos planos de negócio. Quem vier, vai encontrar na UNITEL uma empresa forte, comprometida com Angola e que quer continuar na liderança do sector em Angola”, garantiu.

Lusa

Partilhe este artigo