ANGOLA. O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente angolano defendeu hoje a necessidade de elaborar um “plano de gestão da comunicação nas redes sociais” para “diálogo contínuo entre governantes e governados”.

“Neste contexto, não deve ser desaproveitado o potencial, cada vez maior das redes sociais, de mobilizar cidadãos para contribuírem com acções concretas que visam o bem-estar dos angolanos e o desenvolvimento sustentável e inclusivo do país”, disse Frederico Cardoso.

O governante falava no Centro de Imprensa Aníbal de Melo (CIAM), em Luanda, na abertura de um “Encontro Metodológico de Estratégias de Articulação” entre a comunicação institucional e as empresas públicas do sector.

Defendeu que, tal como fazem várias administrações, o “consenso em prol das causas comuns deve ser permanentemente”, sobretudo num meio em que “navegam” internautas com a dupla qualidade de emissores e receptores de conteúdos.

O encontro, que juntou responsáveis dos órgãos públicos de comunicação angolanos, directores dos gabinetes de comunicação institucional e de imprensa de institutos e órgãos públicos, foi promovido pelo ministério da Comunicação Social de Angola.

Partilhe este Artigo