ÁFRICA DO SUL. O Parlamento sul-africano elegeu hoje Cyril Ramaphosa como Presidente da África do Sul, após a demissão de Jacob Zuma, numa sessão sem a presença de dois dos principais partidos da oposição.

Ramaphosa, líder do Congresso Nacional Africano (ANC, no poder desde 1994) e vice-presidente da África do Sul até quarta-feira, foi empossado pelo presidente do Tribunal Constitucional sul-africano, Mogoeng Mogoeng, numa sessão extraordinária do Parlamento.

O novo Presidente da África do Sul, o quinto desde que o ANC chegou ao poder, era o único candidato à sucessão de Zuma, depois de dois partidos da oposição terem indicado que não participariam na sessão.

Desde 1994 que o ANC tem obtido a maioria absoluta no Parlamento, tendo sido presidido sucessivamente por Nelson Mandela (Maio de 1994 a Junho de 1999), Thabo Mbeki (Junho de 1999 a Setembro de 2008), Kgalema Motlanthe (interino, Setembro de 2008 a Maio de 2009) e Jacob Zuma (Maio de 2009 a Fevereiro de 2018).

Partilhe este Artigo