ANGOLA. Amanhã, 1 de Novembro, terá lugar no Memorial António Agostinho Neto, em Luanda, a Cerimónia de Outorga do Prémio Sagrada Esperança edição 2016. O historiador Alberto Oliveira Pinto venceu o prémio literário Sagrada Esperança 2016 com o ensaio “Imaginários da História Cultural de Angola”.

O prémio literário Sagrada Esperança é uma promoção do Instituto Nacional das Indústrias Culturais e da Fundação António Agostinho Neto em parceria com o Banco Caixa Geral Angola que patrocina a iniciativa.

O Banco Caixa Geral Angola patrocina há 7 anos o prémio Sagrada Esperança no valor de 15.000,00 USD equivalente ao câmbio do dia do BNA pago aos escritores premiados.

O historiador Alberto Oliveira Pinto venceu o prémio literário Sagrada Esperança 2016 com o ensaio “Imaginários da História Cultural de Angola”, um texto inédito que aborda as preocupações do autor sobre a chamada história cultural (ou das representações ou dos imaginários), vista como um conjunto de significados e símbolos construídos pelos homens para explicar o mundo.

Alberto Oliveira Pinto foi escolhido entre 30 candidatos e é distinguido pela segunda vez com o prémio, depois de ter sido galardoado em 1998 com o romance Manzaga.

A Cerimónia do Prémio Literário “Sagrada Esperança” vai decorrer no auditório do Memorial António Agostinho Neto no dia 1 de Novembro as 16 horas.

Partilhe este Artigo