ESPANHA. A Guarda Civil espanhola interceptou quase oito mil maços de tabaco no aeroporto de Vigo que estavam a ser transportados em malas de seis pessoas procedentes de Angola, noticiou hoje o portal electrónico do jornal La Voz de Galicia.

Segundo informações do Instituto Armado, durante as acções aduaneiras específicas de cariz fiscal realizadas pela Guardia Civil, na semana passada, quase oito mil maços de tabaco foram apreendidos no Aeroporto de Peinador, em Vigo, na Galiza.

O caso ocorreu quando membros do destacamento da Guardia Civil no aeroporto de Peinador interceptaram 11 malas suspeitas no controlo aduaneiro de bagagens de um voo procedente de Lisboa.

Ao verificar o conteúdo das malas, a Guarda Civil encontrou um total de 7.620 maços de tabaco da marca Pal Mall Kinsgport. As malas, primeiramente, teriam sido despachadas de Angola para o Porto por seis pessoas de nacionalidade angolana.

Entre os seis viajantes, três foram localizados e identificados no aeroporto galego e os outros três conseguiram fugir.

Os três angolanos que fugiram foram identificados através da lista de embarque, sendo que os seis foram denunciados à Administração de Imigração e Alfândega de Vigo como autores de alegado crime de contrabando.

O tabaco apreendido, cujo valor no mercado ultrapassa os 32.000 euros, foi colocado à disposição da Administração Aduaneira, de acordo com as mesmas fontes.

Partilhe este Artigo