BPI. No dia seguinte à Assembleia-Geral do banco português BPI e ao lançamento da OPA pelo CaixaBank, a princesa herdeira do trono de Angola, Isabel dos Santos, vem, em comunicado, saudar a solução encontrada para o banco.

Depois de meses de indefinição está ultrapassado o impasse no Banco Português de Investimento. A Assembleia-Geral da instituição aprovou a proposta de desblindagem dos estatutos, o CaixaBank apresentou nova OPA e a CMVM levantou a suspensão da negociação das acções.

Em comunicado enviado esta quinta-feira à Imprensa, Isabel dos Santos saúda a solução encontrada para a instituição. “Reflecte o consenso entre os accionistas e mostra o sentido de compromisso e responsabilidade que sempre orientou a actuação da Santoro”, refere a filha do presidente angolano.

Isabel dos Santos considera que “estão reunidas as condições para que ambas as instituições, o BPI e o BFA, consolidem a sua posição nos mercados português e angolano, contribuindo para o crescimento das economias de ambos os países”.

A filha do Presidente angolano garante ainda que o processo foi conduzido “com idoneidade e transparência”, de forma a responder aos interesses de todas as partes envolvidas”.

Partilhe este Artigo