MOÇAMBIQUE. O sociólogo moçambicano Carlos Serra considerou hoje que Moçambique precisa de um sistema social que desarme as mentalidades que criam ódio, considerando que a solução para a crise política no país reside na redistribuição de recursos de poder.

“Nós precisamos de criar um novo tipo de sistema social que desarme as mentalidades que criam ódio”, disse o académico moçambicano, falando à margem de uma palestra na Associação de Escritores Moçambicanos em Maputo.

Apontando a redistribuição de recursos de poder como uma das soluções para a crise política e militar que opõe as forças dominantes em Moçambique, o professor na Universidade Eduardo Mondlane entende que a adopção de uma posição mais pujante por parte dos académicos do país é fundamental para a resolução dos problemas sociais e considera que a função da academia deve ser sempre “produzir soluções”.

Partilhe este Artigo