CABO VERDE. O grupo automóvel português Salvador Caetano vai doar uma percentagem do valor das vendas de carros em Cabo Verde às Aldeias SOS, que acolhem crianças desfavorecidas, ao abrigo de um protocolo assinado hoje na Praia.

Ao abrigo do protocolo rubricado pelo administrador do grupo em Cabo Verde, Fernando Leite, e pelo director nacional das Aldeias SOS, Dionísio Simões Pereira, por cada carro vendido no país nos próximos quatro meses, serão doados 10 mil escudos (cerca de 90 euros) à organização sem fins lucrativos que acolhe actualmente 130 crianças em regime interno.

No total, o valor do apoio será de dois milhões de escudos (cerca de 20 mil euros) e contribuirá para a criação de condições favoráveis à prestação de cuidados às crianças e famílias vulneráveis na ilha do Sal, onde a organização acaba de iniciar a sua intervenção.

Partilhe este Artigo