ANGOLA. O processo de actualização do registo eleitoral em Angola arrancou hoje em todo o país, com o acto simbólico de prova de vida e renovação de dados do “querido líder”, sua majestade o rei de Angola, José Eduardo dos Santos.

Também fez prova de vida o Presidente do MPLA, o Titular do Poder Executivo e o Presidente da República (nunca nominalmente eleito) e no poder há 37 anos.

O ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, disse na cerimónia de lançamento do processo que a partir de hoje todos os cidadãos maiores de 18 anos já registados em processos anteriores, estimados em cerca de nove milhões de eleitores, devem fazer a actualização dos dados, até à primeira quinzena de Outubro.

“A partir de hoje em todo o país, os cidadãos angolanos maiores de 18 anos são mobilizados para responder positivamente a este chamamento da pátria, respondendo Angola presente ao processo de registo eleitoral”, sublinhou Bornito de Sousa.

Partilhe este Artigo