COLÔMBIA. O Prémio Nobel da Paz de 2016 foi atribuído ao presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, pelos esforços para pôr fim à guerra civil dos últimos 50 anos.

O presidente da Colômbia Juan Manuel Santos venceu o Prémio Nobel da Paz 2016, distinção atribuída pelos seus esforços para pôr fim à guerra civil daquele país, que durou mais de 50 anos e matou pelo menos 220.000 colombianos, informou o Comité Nobel norueguês esta sexta-feira.

A distinção foi vista como um “tributo ao povo colombiano que, apesar dos abusos, nunca perdeu a esperança de paz”, assim como um “tributo a todos os partidos que ajudaram no processo de paz”. “O tributo vai ainda para os representantes das inúmeras vítimas desta guerra civil”, acrescenta o Comité em comunicado.

“Ao atribuir este ano o Prémio Nobel da Paz ao Presidente Juan Manuel Santos, o Comité Nobel norueguês pretende encorajar todos aqueles que lutam por conquistar a paz, a reconciliação e a justiça na Colômbia”, explica o Comité, sublinhando que espera que o prémio “dê ao Presidente mais força para continuar o trabalho de conquista do direito à paz até ao último dia em que estará no cargo”. “É esperança do Comité que nos próximos anos o povo colombiano colha os frutos do processo de reconciliação e paz que ainda decorre”, diz.

Partilhe este Artigo