CABO VERDE. O presidente do Movimento para a Democracia (MpD, partido no poder em Cabo Verde), Ulisses Correia e Silva, destacou a “grande vitória” nas eleições autárquicas de domingo, dizendo que o partido conseguiu atingir as suas metas.

Segundo os últimos resultados provisórios divulgados no site oficial sobre as eleições autárquicas (www.eleicoes.gov.cv), e quando estão contabilizados mais de 98% das mesas de voto, o MpD conquistou 19 das 22 câmaras municipais, mais cinco do que há quatro anos.

Ulisses Correia e Silva garantiu que, enquanto primeiro-ministro, vai trabalhar com todas as 22 câmaras “de forma igual e sem qualquer discriminação” político-partidária.

A líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, maior partido da oposição cabo-verdiana), Janira Hopffer Almada, colocou, entretanto, o seu lugar à disposição após reconhecer a derrota autárquica.

Na ilha da Boavista, o grupo independente BASTA, liderado pelo deputado do MpD José Luís Santos, foi o vencedor, com 53,5% dos votos.

A abstenção situou-se nos 41,7%.

Partilhe este Artigo