ANGOLA. O governador da província do Cunene, António Didalelwa, morreu hoje, em Luanda, de doença, anunciou em comunicado o Bureau Político do MPLA.

António Didalelwa, de 61 anos, era natural do município de Cuanhama, província do Cunene, e foi o primeiro secretário do MPLA naquela província.

Em 1974 ingressou no MPLA e em 2003 foi eleito no V congresso do partido membro do Comité Central.

De acordo com o comunicado, durante muitos anos, António Didalelwa que era docente universitário, desempenhou as funções de vice-reitor da Universidade Agostinho Neto para o centro universitário da província da Huíla.

Partilhe este Artigo