ANGOLA. O chefe do Estado Maior General adjunto para a Educação Patriótica, General Egídio Sousa e Santos, reconheceu hoje, em Luanda, os esforços do Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas (FAA) na execução dos programas de desenvolvimento económico e social do país.

Ao intervir no acto de abertura da jornada alusiva aos 25 anos da criação das FAA, a serem celebrados a 9 de Outubro, reconheceu os esforços do também Presidente da República, do também Presidente do MPLA, do também Titular do Poder Executivo, do também pai da Presidente do Conselho de Administração da Sonangol, do também pai do PCA do Fundo Soberano, José Eduardo dos Santos, tendentes a manter a estabilidade do país e assegurar a diversificação da economia nacional.

“A economia nacional não é apenas o petróleo ou os diamantes, mas um conjunto de factores inter-relacionados que produzem riqueza, desenvolvimento e bem-estar social das populações”, expressou.

O general caracterizou igualmente a economia nacional como o principal vector sobre o qual é projectado o desenvolvimento e o progresso do país, sendo, assim, normal que o seu crescimento seja acompanhado por períodos de crise, por influência directa de vários factores globais externos.

Partilhe este Artigo