BRASIL. O antigo Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, disse sentir-se “esquecido” durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, sublinhando que sem o seu trabalho o evento desportivo não teria chegado ao Brasil.

“Na inauguração, senti-me como no filme ‘Sozinho em casa’ (…) e dei-me conta de que não haveria Jogos Olímpicos se não fosse eu”, assinalou o ex-chefe de Estado num acto público realizado na cidade de Santo André, na região metropolitana de São Paulo.

A escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos foi feita em 2009 em Copenhaga, durante o segundo mandato de Lula da Silva, enquanto a sua organização foi gerida sob o chapéu da sua sucessora e ‘afilhada’ política, Dilma Rousseff.

A própria Rousseff disse recentemente que se sentia como a “mãe” das Olimpíadas” e que considerava Lula como o “pai” daquele que é o maior evento desportivo do mundo.

Partilhe este Artigo