ANGOLA. A dívida pública colocada semanalmente pelo Banco Nacional de Angola (BNA) caiu praticamente para metade, para 47,6 mil milhões de kwanzas (270 milhões de euros), com a taxa de juro a aproximar-se dos 24%, a um ano.

Segundo dados compilados hoje pela Lusa com base no relatório semanal sobre a evolução dos mercados monetário e cambial do BNA, o banco central angolano colocou no mercado primário, entre 21 e 25 de Novembro, 37,9 mil milhões de kwanzas (215,1 milhões de euros) em Bilhetes do Tesouro (BT) e 6,7 mil milhões de kwanzas (38 milhões de euros) em Obrigações do Tesouro (OT).

As taxas de juro médias pela emissão de BT oscilaram entre os 19,51% (17,91% na semana anterior) na maturidade a 91 dias e os 23,67% no prazo a 364 dias (23,30% na semana anterior).

A seis meses, o Estado angolano paga taxas de juro de 22,30% (20,60% na semana anterior) para colocação de dívida pública no mercado primário, na forma de BT. Já as OT fecharam, uma vez mais, com taxas de juro de até 7,75%, a cinco anos.

Na semana passada, o BNA colocou 87,8 mil milhões de kwanzas (498 milhões de euros) em dívida pública (-47%) e na anterior cerca de 13 mil milhões de kwanzas (73,8 milhões de euros).

Apesar destes valores, a taxa de juro paga na maturidade a um ano é menos de metade do valor que a inflação (a 12 meses) atingiu no mês de Outubro os 40%.

Lusa

Partilhe este Artigo