Atenção, muita atenção, escutem com toda a atenção: a Isabel “Galinheira” dos Santos é licenciada em Engenharia Electrotécnica pela Universidade de Londres. Não é licenciada por uma dessas reles universidade que têm esses cursos, desnecessários, de Economia ou Gestão de Empresas, como são os casos de Oxford, Sorbonne, Harvard ou Princeton.

Por Veríssimo Kambiote

A Isabel, que iniciou a sua carreira empresarial sob o pseudónimo de “Isabegalinha”, na indústria dos ovos, tem 20 anos de experiência como empresária e alguns, muitos mais, como a filha preferida do Presidente da “Reipública Cleptocrática” de Angola. Os irmãos e a irmã “Tchulé”, a do “CuMitê” Central do MPLA, têm muito menos experiência e um curriculum menos impressionante, porque são mais novos.

Ainda que muito se esforcem, jamais conseguirão ultrapassar o sucesso da “Isabegalinha” como empresária, porque esta leva um enorme avanço em biliões de dólares e, neste momento, o botequim do MPLA está a registar maiores limitações nos fluxos de kumbu provenientes da quitanda do “pitrol”.

Ouviram bem? A Isabel é licenciada em Engenharia Electrotécnica pela Universidade de Londres, um curso que, como é evidente, capacita os estudantes exclusivamente para ocuparem cargos como Presidentes dos Conselhos de Administração nas empresas petrolíferas. É por isso que ela é a gestora mais competente em todos os assuntos de Economia e Finanças e a única, a maior especialista em Angola e arredores, em Micro e Macro Economia, em “patética” e “Divertessidade”, em Economia Internacional, e em muitos outros eteceteras.

Esta licenciada pela Universidade de Londres, em Electrotecnia, não utiliza a sua elevada experiência profissional em empresas, desnecessárias, de combate à fome, à mortalidade infantil ou às epidemias que acontecem em Angola, um dos dez países menos prósperos do mundo.

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo, uma dupla imparável, reconhecida em todo o mundo e arredores.

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo, uma dupla imparável, reconhecida em todo o mundo e arredores.

Ela sabe muito bem que isso não lhe daria grande prestígio e implicaria muita despesa por parte do governo da “Reipública” do MPLA. Se a Isabel fosse PCA da Saúde e Assuntos Sociais e decidisse enfrentar os muitos problemas que acontecem nestas áreas, o que que poderia acontecer ao Presidente, aos generais e outros que tais do MPLA? Não conseguiriam enriquecer de uma maneira tão fácil, corrupta e impune.

É de lamentar e repudiar todos os ataques e tentativas de desestabilização que têm sido levadas a cabo, nomeadamente os ataques à vida privada da Isabel com o enriquecimento através dos “abifamentos” dos dinheiros públicos. Ela garante a sua determinação de continuar a conduzir com sucesso a sua missão de prosperar e enriquecer ainda mais através do nepotismo. Ela acredita na “demóniocracia” e no sistema judicial subserviente ao poder presidencial e ao dos seus generais e outros que tais.

Comemora-se hoje o dia da Independência de Angola. É injusto que tal aconteça. Todos os angolanos deveriam celebrar, hoje e todos os dias, com grande alegria, este dia em que a Isabel dos Santos, licenciada pela Universidade de Londres em Engenharia Electrotécnica, é Presidente do Conselho de Administração da Sonangol. Este cargo político tem muitíssima maior importância do que a Presidência da “Reipública” Cleptocrática de Angola.

O que seria de Angola se não tivesse esta licenciada em engenharia pela Universidade de Londres a (di)gerir os destinos do país? Estaríamos no anonimato, sem qualquer destaque nos noticiários que elogiam e “megafoneiam” as injustiças sociais, tão vulgarizadas no nosso país e em muitos outros países africanos.

Existem rumores, nos corredores da Casa Branca, de que Donald Trump está interessado em contratar a engenheira electrotécnica, filha do Engenheiro de Ba Cu, licenciada pela Universidade de Londres, para comandante de todas as operações da sua missão “Make América Great Again”.

Bento Kangamba, com a ajuda do Doutor Atum e do João Melo, já deve estar a organizar manifestações de apoio para que a Isabel Electrotécnica não aceite esse convite para emigrar para Washington DC.

Comemoremos, com enorme alegria, o dia, 11 de Novembro, o dia em que a Isabel Electrotécnica é PCA da Sonangol!

Partilhe este Artigo