ANGOLA. Quinze agentes de educação cívica, que vão trabalhar na mobilização do processo eleitoral, estão desde hoje, no Luena (Moxico), a receber formação em “matérias de ética e moral”, num evento realizado pela direcção dos Registos.

Com duração de oito dias, a acção vai abordar ainda o comportamento das pessoas no processo, participação dos cidadãos, patriotismo, espírito de liderança, entre outros assuntos.

Ao falar à imprensa, o director provincial dos Registos, Henriques Mateus, disse que os agentes irão trabalhar junto das comunidades, com as autoridades tradicionais e eclesiásticas, com vista a esclarecer a importância do processo de registo eleitoral.

Ainda no âmbito do processo, Henriques Mateus anunciou para a próxima semana a formação de 40 brigadistas, que vão trabalhar, numa primeira fase, na actualização do processo de registo, que arranca oficialmente a 25 deste mês.

Partilhe este Artigo