No quadro da campanha internacional de sensibilização sobre Cabinda, lançada no dia 25 de Outubro de 2016 pela Presidência da FLEC, junto do Parlamento de Europeu, em Estrasburgo, a presidência da FLEC foi mais uma vez solicitada e recebida esta manhã nesta instituição.

O representante diplomático da FLEC em França, José da Costa Nkuso, foi recebido em audiência pelo adido parlamentar do chefe do grupo “Europe des Nations et des Libertés”, Alexandre Bollot , afim de obter mais informações sobre a situação política de Cabinda.

Este pedido de informação complementar surge após a sessão parlamentar de dia 5 de Dezembro deste ano, durante o qual uma pergunta escrita deste grupo de deputados foi colocado junto da Alta representante da União Europeia responsável pelos assuntos externos, Federica Mogherini, sobre a situação política e humanitária do território de Cabinda, e sobre quais são as suas relações com as representantes legítimos do povo de Cabinda.

Enquanto se aguarda uma resposta por escrito da Alta Representante da União Europeia pelos assuntos externos, o grupo parlamentar “Europe des Libertés et des Nations” solicitou este pedido suplementar para relançar o debate e preparar novas reuniões agendadas para a abertura do ano Parlamento em 2017, sobre a situação em Cabinda.

Partilhe este Artigo