ANGOLA. O líder do MPLA, José Eduardo dos Santos, foi hoje reconduzido no cargo que ocupa há 37 anos com o modesto resultado de 99,6% dos votos, no VII congresso ordinário do partido.

José Eduardo dos Santos, que era o único candidato à presidência do MPLA (partido no poder desde 1975), foi eleito com 2.543 votos a favor, cinco contra e cinco abstenções.

Cinco contra? Cinco abstenções? Cuidado. É preciso saber quem são estes “activistas” que planeiam um golpe de Estado contra sua majestade o rei de Angola, José Eduardo dos Santos.

A percentagem conseguida por José Eduardo dos Santos é uma prova da democraticidade do MPLA, terão comentado os representantes da fina flor do entulho político de Portugal, PS, PSD, PCP e CDS.

Partilhe este Artigo