VEJA O VÍDEO. Mártires do Kifangondo. Um coronel das Forças Armadas de Angola (neste altura deverá ter sido promovido a general), em plena luz do dia, entra em sentido proibido numa movimentada rua e bloqueia o trânsito.

Os automobilistas protestam. O oficial das FAA, bem ao estilo de quem está acima da lei, sai da viatura de arma em punho e manda afastar as viaturas para poder passar, como se a rua fosse dele. Como os automobilistas estavam a demorar muito tempo, o coronel não está com meias medidas. À frente de todos, puxa a culatra, mete a bala no câmara à frente de todos.

E assim, temendo o pior, os pacatos cidadãos deram passagem ao coronel das Forças Armadas de Angola.

Partilhe este Artigo