MOÇAMBIQUE. Um ataque de dez homens armados matou hoje o chefe do posto policial de Luluti, na província de Nampula, norte de Moçambique, informou a Polícia, que atribui o crime à Renamo).

Zacarias Nacute, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Nampula, disse à Lusa que o ataque ocorreu cerca das 05:00 locais naquele posto administrativo do distrito de Mogovolas e foi dirigido por dez homens do braço armado da oposição, que se colocaram depois em fuga.

O chefe do posto policial, segundo Nacute, foi atingido mortalmente quando se dirigia para a sua residência, tendo os outros agentes do posto policial acorrido ao local quando ouviram os tiros e iniciado, sem sucesso, uma perseguição aos atacantes.

Partilhe este Artigo