ANGOLA. Os delegados da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), reunida no segundo dia do seu II Congresso Ordinário, decidiram a favor da transformação da mesma formação política em partido político.

Doravante, será designado simplesmente “CASA”, não havendo mais a abreviação “CE” que significa “Coligação Eleitoral”. Tornando-se num partido político, todos os partidos, que constituíam a coligação, serão extintos.

Integravam a CASA-CE os partidos PADDA – Aliança Patriótica, o Partido de Aliança Livre de Maioria Angolana (PALMA), o Partido Pacífico Angolano (PPA) e o Partido Nacional de Salvação de Angola (PNSA).

A decisão foi hoje concretizada depois de fortes debates, devido à resistência de um dos líderes da coligação para a transformação em partido.

Alexandre Sebastião, líder do PADDA, vice-presidente eleito neste II congresso, foi hoje vaiado pelos delegados na sua apresentação.

Partilhe este Artigo