Os familiares da pequena Tonilsia Ferreira Vunge, de apenas 5 anos de idade, residente em Viana, lançam um grito de socorro à sociedade, para que os apoie na evacuação da menina para Portugal, onde deverá receber tratamento médico, a fim de curar-se duma enfermidade que já leva 2 anos.

Impotente, a pequena Tonilsia Ferreira Vunge sofre de neoplasia vesical, um tumor maligno na zona genital, facto que gera um desespero na mãe, Isabel Ferreira.

“Já fizemos tudo. Estivemos em hospitais como Josina Machel (Maria Pia), Américo Boa Vida, Instituto Angolano de Controlo do Câncer, entre outros, e nada resultou até agora. A minha filha Tonilsia foi submetida a quimioterapias e tantos outros tratamentos, mas não melhorou. Já passaram dois anos e nada. Temo que o pior venha acontecer”, afirmou, entristecida, a mãe, que teve de demitir-se do serviço de empregada doméstica, que fazia, para cuidar exclusivamente da filha.

A esperança, segundo os médicos, é que façam recurso ao exterior do país, designadamente Portugal. Mas sem meios financeiros para tal, os parentes, impotentes, vêem-se de mãos atadas.

“Não temos nada. Tive de abandonar o emprego face a isso, porque passávamos muito tempo nas unidades hospitalares. Precisamos que nos ajudem a tirar a menina do país e fazer o tratamento em Portugal, por favor”, clamou a mãe da pequena Tonilsia Ferreira Vunge, que tem de cuidar ainda de outros 4 filhos, sozinha, e desempregada.

A mãe da enferma pede ajuda a todos que puderem estender a mão, a fim de salvar a menina: “Sou pobre e não tenho família que me possa ajudar. Estou desesperada, procurando uma solução. Por isso, apelo às pessoas de boa-fé, que me ajudem a salvar a minha filha, o sofrimento é demais”.

As pessoas podem salvar a pequena Tonilsia, basta contribuir financeiramente, através da conta nº 000-005-001-760-033 (Iban AO06 0034 0000 0500 1760 0334 1) pertencentes ao Banco Millennium Angola, em nome de Lídia Manuel, uma das tias. Poderão ainda ligar para os seguintes terminais telefónicos 923 971 729 – 917 436 465 – 924 230 211, a fim de prestarem quaisquer outros tipos de ajuda.

Partilhe este Artigo