CAMARÕES. Um descarrilamento de um comboio de passageiros nos Camarões provocou 55 mortos e 600 feridos. O acidente ocorreu no trajecto entre Yaoundé e Douala, com as carruagens particularmente lotadas devido ao corte da estrada entre a capital e a cidade portuária.

Segundo o ministro dos Transportes, Edgar Alain Mebe Ngo’o, deu-se junto à cidade de Eseka, a cerca de 200 quilómetros de Yaoundé.

As carruagens do comboio estavam cheias devido ao corte da estrada que liga Yaoundé e Douala provocado pelo colapso de uma ponte devido à chuva forte, o que poderá também dificultar a intervenção das equipas de emergência.

Muitos automobilistas e transeuntes ficaram retidos em ambos os lados da via, esperando o regresso à normalidade, soube a AFP. Desta maneira, foram muitos a recorrerem aos comboios para se deslocarem mesmo não tendo, em alguns casos, meios para pagar a viagem.

Esta é uma das estradas com maiores níveis de tráfego no país, sendo também uma das principais rotas comerciais da África Central.

Partilhe este Artigo