Mais de um milhão de dólares norte-americanos foram encontrados em Luanda num dos assentos de uma aeronave da transportadora aérea angolana TAAG que tinha como destino a China, anunciou hoje a Polícia Nacional de Angola.

S egundo o porta-voz do Comando-Geral daquela força policial, Aristófanes dos Santos, o valor em causa, 1.032.000 de dólares foi encontrado pelo comandante da aeronave, momentos antes da sua descolagem.

Aristófanes dos Santos salientou que o mesmo comandante procedeu à entrega do dinheiro ao piquete da polícia no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, valor que não foi reclamado até ao momento.

Trata-se de uma quantia de moeda estrangeira proibida de sair do país na posse de uma única pessoa, seja nacional ou não.

O incidente acontece também numa altura em que Angola enfrenta uma grave crise cambial, com a escassez de divisas (dólares norte-americanos), devido à quebra na cotação internacional do barril de crude, que fez diminuir as receitas e a entrada de moeda estrangeira no país.

A circulação ilegal de divisas, em notas, pelo aeroporto internacional da capital angolana é um assunto que motiva a preocupação da polícia, que garante estar atenta ao fenómeno e ao “aliciamento” de funcionários que conseguem introduzir esses valores nos aeroportos.

“Temos é que estar preocupados com os casos detectados, é isso que nos dá o indicador de que existe realmente esta prática. Quando nós encontramos, vamos à procura do cidadão que está a praticar esta acção”, afirmou o Comandante-Geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, em entrevista hoje à rádio pública angolana.

Partilhe este Artigo