O PAIGC, partido no poder na Guiné-Bissau, vai organizar um conjunto de actividades populares na capital para festejar o primeiro aniversário do Governo, a 4 de Julho, disse hoje fonte daquela força política.

A s estruturas regionais do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) estão a mobilizar a população e espera-se igualmente a participação de “outros partidos” e organizações de fora da esfera partidária, acrescentou.

O programa que está a ser preparado vai incluir diversas actividades culturais ao longo do dia.

Um apelo à participação na festa foi lançado na reunião do Comité Central do PAIGC que, para além da comemoração, aprovou uma moção de louvor ao Governo.

Os dirigentes do partido classificaram como “exuberante” e “extraordinário” o “desempenho do chefe do Governo”, de acordo com o comunicado final do encontro.

Entre os feitos destacados em um ano de mandato estão a reabilitação de várias estradas da capital, a normalização do abastecimento de electricidade e água, a iluminação pública em 28 localidades do interior e a construção e apetrechamento de salas de aula.

O PAIGC venceu com maioria absoluta as eleições legislativas de 13 de Abril de 2014, sendo líder do partido e primeiro-ministro Domingos Simões Pereira.

A representação parlamentar inclui: PRS – Partido da Renovação Social, PCD – Partido da Convergência Democrática, PND – Partido da Nova Democracia e UM – União para a Mudança.

A par das eleições legislativas decorreram também as presidenciais em que José Mário Vaz, também com o apoio do PAIGC, foi eleito Presidente da República, empossado a 23 de Junho de 2014.

As eleições do último ano puseram fim ao período de transição que resultou do golpe de Estado militar e 12 de Abril de 2012.

Partilhe este Artigo