O Bispo Emérito do Huambo, Dom Francisco Viti, numa intervenção de sapiência, está a engalanar o terceiro painel das I Jornadas Parlamentares da Oposição, que decorrem em Luanda, no Plazza Hotel.

A sala não se contém, principalmente, pelos seus contundentes apelos à paz, ao não enriquecimento ilícito e ao amor que deve existir entre todos os irmãos e não a uma paz que seja apenas uma pausa, do calar das armas. Temos de construir na unidade e na diversidade uma paz verdadeira, real, sem cinismo e com transparência nos actos dos que dirige, num dado momento o barco.

De há muito que Dom Francisco Viti apela à necessidade de se cultivar a coesão nacional baseada na verdade e na justiça, valores que considera fundamentais para a consolidação da paz em Angola.

“A educação ocupa um ponto central na consolidação da paz. Uma educação baseada na verdade, uma educação baseada na aceitação do meu compatriota como filho igual a mim da mãe pátria, como alguém com direitos fundamentais iguais a mim,” disse o Bispo Emérito do Huambo.

Dom Francisco Viti também é uma voz crítica em relação à Igreja Católica, que considera fazer “muito pouco” pela população que sofre da fome, da pobreza e da “má governação”.

Notícia em actualização

Partilhe este Artigo