O Recreativo do Libolo venceu hoje, na capital, o Benfica de Luanda, por 1-0, em jogo a contar para a 27ª jornada, e pode sagrar-se campeão nacional de futebol já na quarta-feira.

E m 12 jogos à frente do Libolo (toda a segunda volta), o português João Paulo Costa não sofreu qualquer derrota e pode carimbar o seu primeiro título em Angola como treinador principal, em casa, já na próxima quarta-feira, na jornada 28, frente ao Recreativo da Caála.

O jogo de hoje era considerado decisivo no objectivo do Libolo de revalidar o título de campeão do ‘Girabola’, precisamente frente à equipa que seguiu grande parte do campeonato na perseguição, no segundo posto.

Numa partida muito equilibrada, valeu o golo único de Fredy (ex-jogador do Belenenses) a meio da segunda parte para desbloquear o marcador e deixar o Libolo a três pontos de comemorar o bicampeonato.

“Foi um passo importante, mas nada está ganho. Vamos ter de estar concentrados e ganhar o próximo jogo”, disse no final da partida o presidente do Recreativo do Libolo, Rui Campos, que viu cerca de 1.000 adeptos viajarem do Cuanza Sul até Luanda.

No sábado, no jogo grande do dia da jornada 27, o 1º de Agosto, na condição de visitante, venceu no Estádio dos Coqueiros, em Luanda, a formação do ASA, outro histórico da capital, por 2-1, mantendo-se na perseguição ao líder do ‘Girabola’.

A equipa ‘militar’ não teve vida fácil frente aos ‘aviadores’, que continuam a arriscar a descida de divisão, acabando a partida por ser resolvida pelas duas estrelas do 1º de Agosto.

Passavam 52 minutos quando Manuel abriu o marcador para os ‘aviadores’, colocando a surpresa na partida. A equipa visitante levou mais de 20 minutos a responder, por intermédio de Ary Papel, com o golo do empate. Sete minutos depois foi a revelação do ‘Girabola’ 2015, Gelson, a confirmar a reviravolta no marcador.

No outro duelo de Luanda desta jornada, o vice-campeão em título Kabuscorp do Palanca não foi além de um empate 1-1 frente aos ‘polícias’ do Interclube e continua a desiludir nesta temporada.

Na fuga aos últimos lugares, o Petro de Luanda também comprometeu, ao empatar a um golo com o Desportivo da Huíla, enquanto o Bravos do Maquis tenta salvar-se da descida depois de bater em casa o Recreativo da Caála por 2-1.

Ainda na cauda da tabela e na luta por continuar no ‘Girabola’, o Sporting de Cabinda recebeu e venceu hoje por 2-1 o já despromovido Domant FC, que apenas conseguiu permanecer uma época no principal campeonato de futebol em Angola.

Resultados da 27ª jornada:

– Sábado, 26 Setembro:

Bravos do Maquis – Recreativo da Caála, 2-1.

Progresso da Lunda Sul – Académica do Lobito, 0-1.

Sagrada Esperança – Progresso do Sambizanga, 2-1.

ASA – 1.º de Agosto, 1-2.

Interclube – Kabuscorp do Palanca, 1-1.

Petro de Luanda – Desportivo da Huíla, 1-1.

– Domingo, 27 Setembro:

Sporting de Cabinda – Domant FC, 2-1.

Benfica de Luanda – Recreativo do Libolo, 0-1.

Classificação:

1. Recreativo do Libolo, 58 pontos.

2. 1º de Agosto, 51.

3. Benfica de Luanda, 47.

4. Kabuscorp do Palanca, 47.

5. Interclube, 43.

6. Progresso da Lunda Sul, 39.

7. Desportivo da Huíla, 33.

8. Recreativo da Caála, 32.

9. Petro de Luanda, 32.

10. Académica do Lobito, 32.

11. Progresso do Sambizanga, 31.

12. Sagrada Esperança, 30.

13. ASA, 29.

14. Sporting de Cabinda, 29.

15. Bravos do Maquis, 27.

16. Domant FC, 18.

Partilhe este Artigo