A Polícia deteve no município de Chitembo, província do Bié, um cidadão da Guiné Conacri na posse ilegal de 105 quilates de diamantes.

S egundo o director do gabinete de comunicação e imagem do Comando Provincial da Polícia Nacional no Bié, superintendente-chefe António Hossi, o suspeito, de 44 anos, foi detido esta semana, na comuna de Soma Kwanza, região onde é comum a exploração artesanal irregular e a compra de diamantes por cidadãos estrangeiros ilegais.

Aquele oficial explicou que a detenção ocorreu durante uma operação da Polícia, que visou a retirada de estrangeiros ilegais de zonas diamantíferas, de exploração irregular.

António Hossi acrescentou que o cidadão em causa foi encontrado – além desta importante quantidade de diamantes – igualmente com 950 mil kwanzas (7.973 euros), quatro telemóveis e 14 cartões telefónicos de redes internacionais.

Na sequência dessa operação, foram ainda detidos mais de 100 cidadãos estrangeiros de diversas nacionalidades.

No Bié a exploração ilícita de diamantes é exercida por estrangeiros ilegais, ocorrendo principalmente nos municípios da Nharea, Chitembo e Andulo, situação que tem preocupado as autoridades governamentais angolanas.

A seguir ao petróleo, os diamantes são o principal produto de exportação de Angola.

Partilhe este Artigo