A luta entre a razão da força e a força da razão é desigual. Fomos obrigados a estar fora de combate. Não, não nos rendemos. Admitindo estar de joelhos perante Deus, garantimos que perante os homens (por muito armados que estes estejam) estaremos sempre se pé. A termos de morrer será sempre de pé.

Partilhe este Artigo